Google+ Followers

sábado, 9 de janeiro de 2010

EXERCÍCIO PARA ELEIÇÃO DE UMA PALAVRA

Não é uma história.
É um corpo de palavras,
um ponto onde chego
após cruzar vários ângulos.
Não é uma história
e sim , uma sucessão de estradas
em que posso demarcar um começo;
jamais um fim.
Mas como não devo deixar
tudo pelos entantos,
busco o acento tônico,
desejo o pesar das cores
e as palavras junras em arco,
- para dizer do indizível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário